Select Page

Política…

Senhores e senhoras eleitores deste humilde território esquecido junto ao mar, vou desabafar sobre as eleições que ocorrem a 1 de Outubro de 2017.
Não será mais uma daquelas centenas de publicações onde somos bombardeados com vota no partido X, que promete abc. Não nada disso. Apenas um desabafo pessoal.
 
Não tenho partido é verdade, se calhar já o tive e dececionou aqui e ali, se calhar nunca o tive, ou se calhar cresci politicamente. Fui iludido muitas vezes pela propaganda política para ficar dececionado. Não tenho afiliação partidária nem faço parte de um grupo de pessoas que venera um ideal político, muito menos sou daqueles que a cada véspera eleitoral sai em defesa de um candidato que não conheço. Pensem o quão frequente é verem políticos aos beijos a tudo o que mexe em época de eleições e dois dias depois nem nos cumprimentam. Ou então quantos a oferecer jantares e porcos no espeto em vésperas de eleição? E na semana seguinte? e no mês seguinte? Ofereces algo? Se calhar nem um copo de agua da torneira.
Existe muito fanatismo político nas publicações que vejo no facebook, sim infelizmente o termo também pode ser aplicado à política não é só aplicável a cultos religiosos ou ceitas. Esse fanatismo dissimulado está ainda mais presente nas pessoas que defendem com unhas e dentes um partido sem conhecer o programa e ou o candidato. Nas cidades a política tendencialmente é mais cívica, mas nas aldeias é  normalmente vivida com muita fervura. Falo do universo que conheço onde se matam animais inocentes, se ameaça pessoas de forma indireta ou onde se vandaliza propriedade privada em prol de uma cor partidária.
Vejo pessoas a descredibilizar alguém que já vestiu a cor do partido que fanatiza. Vejo candidatos a serem rebaixados pelas mesmas pessoas que os levaram ao colo faz agora quatro anos, porque defendem os mesmos ideais mas com outra cor. Terão as pessoas memoria curta ou mudam de ideais facilmente? Não sei.
Sei que eu não voto pela cor, voto pela convicção de que o candidato x fará um bom trabalho, aprendi a perceber que voto em pessoas e não partidos. Voto em quem luta pelos mesmos ideais que eu e que demonstra lealdade e honestidade para comigo e para com o seu eleitorado e o Povo Português. O problema é que isto requer alguma leitura, debate, aprendizagem e observação. Portanto tempo, algum trabalho ou dedicação como preferirem. Mas façam, façam mesmo e rapidamente muitos perceberão que estão enganados e que com pouco esforço de todos podemos melhorar evoluir em conjunto. Basta querer. Eu quero e tu?